quinta-feira, 10 de junho de 2010

Heart Failure




O coração seduz porque apresenta ambiguidades
insuspeitadas aos críticos da arte cardíaca.
Já os engenheiros e os economistas teimam em contrariar esta tese
porque acreditam que o coração não faz mais do que a sua obrigação.
O psiquiatra vê no coração um monte de músculos à mercê
de um vermelho tóxico e propagandístico (não inocente).
O homem do talho, contudo, progride na fantasia
e vende corações de animais comestíveis e, como numa aula de anatomia,
coloca-os na montra do talho com o preço e o desapreço por cima deles.
Finalmente, o arranca-corações arranca corações. E é tudo.

No entanto, é do coração que o poeta fala
o seu domingo sangrento.
E domingo sangrento é um programa de rádio
que o poeta concebe no ventrículo esquerdo
porque tem mais acústica e ritmo
para contrariar o resto da programação.

2 comentários:

  1. hummmmm....eu bem achva que aquela primeira frase tinha potencial... :)

    ResponderEliminar